sexta-feira, 25 de setembro de 2009

A complexidade dos exercícios no treino


É uma dificuldade para todos os treinadores de futebol formação sentir se um exercício que têm em mente para apresentar aos miúdos com o intuito de eles executarem, vai recolher a compreensão e o entendimento do mesmo por parte deles. Um exercício pode ser muito bom, podemos ter a ideia que será fácil, mas chegamos ao treino e pura e simplesmente é complicado os miúdos perceberem e demoramos mais tempo na explicação. Não quero estar a criticar ninguém, mas como me referiram e bem, o trabalho de base não passou por estes miúdos, daí que por vezes o nosso papel seja complicado. Ontem decidi começar a dificultar as coisas: o treino incidiu na sua parte inicial sobretudo na qualidade do passe, da recepção, da tabela e da desmarcação. Porquê? Porque quero que a minha equipa jogue bem, é nisso que trabalho. Procuro que a minha equipa jogue bem sem me preocupar com o resultado, pois isso será consequência do nosso trabalho. Nesse pressuposto, tento realizar exercícios com os quais me identifico e que procurem dar aos miúdos, uma identidade que eles depois possam transportar para o jogo, porque convenhamos, falar de tácticas e tudo o que daí advém neste escalão, no seu início é complicado, por isso tentamos dar um toque de facilidade ao nosso jogo com exercícios que os miúdos possam melhorar as suas habilidades, como o passe, a recepção, a condução, a desmarcação, os duelos 1x1, 2x2, 2x1, 2x2, etc, etc. No fim, enquanto outros miúdos estavam com o meu adjunto num exercício de posse de bola e ataque rápido ao alvo após sinal do treinador, outros estavam comigo. Tentei fazer um exercício de posse de bola com três equipas de três jogadores, sendo que uma estava no meio, fazendo sempre uma espécie de 6x3. Vi o quão foi complicado, mas foi proveitoso porque obriga os miúdos a pensarem, a terem que comunicar, a terem que se concentrar, que é algo importante no jogo e que também se trabalha. Mas, para um treinador de formação, não é fácil sentir que o que têm em mente para o treino vai resultar. Mas, há que experimentar. O caminho faz-se caminhando. Descanso para todos: treino só segunda feira.

2 comentários: